Polícia indicia massoterapeuta por vazar fotos de Arlindo Cruz no hospital

Polícia indicia massoterapeuta por vazar fotos de Arlindo Cruz no hospital

0

Funcionário contrato recentemente pela família diz que tirou selfie para mãe e enviou por engano para vizinho

A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou o suspeito de vazar a foto do músico Arlindo Cruz divulgada na internet nos últimos dias. A delegada titular da 6ª DP, localizada em Cidade Nova, Maria Aparecida Mallet, anunciou que o massoterapeuta Ivan de Albuquerque, contratado pela família para realizar um tratamento alternativo no sambista, é suspeito pela autoria da imagem e será indiciado pelo vazamento. A polícia se baseia nos registros das câmeras de segurança do hospital e de depoimento do motorista da família.

Segundo a delegada, o massoteraupeuta vai ser indiciado pelo crime de “difamar alguém ao atribuir fato ofensivo à sua reputação”, previsto no artigo 139 do código penal, com possibilidade de pena de seis meses a um ano de prisão. Ivan de Albuquerque vai responder ao inquérito em liberdade porque não houve flagrante da infração.

Ainda segundo a Polícia Civil, a identificação foi possível graças a uma câmera de segurança instalada dentro do quarto do artista. O relato do motorista da família do cantor, que flagrou o momento em que o massoterapeuta teria feito o registro, também contribuiu na investigação. Arlindo Cruz está internado na Casa de Saúde São José, no bairro do Humaitá, no Rio de Janeiro, desde o dia 17 de março, quando foi acometido por um AVC hemorrágico.

Nesta quarta-feira (11), a Casa de Saúde São José comunicou que redobrou os cuidados com segurança após o vazamento da foto. “Seguimos uma política rigorosa para garantir a privacidade de todos os pacientes. O hospital lamenta o ocorrido e informa que está colaborando com as investigações das autoridades competentes e que também está apurando o caso internamente”, diz a unidade de saúde, em nota. Em outro comunicado, enviado na tarde desta quarta, a unidade de sáude confirma o envio das imagens para a Polícia Civil e a identificação de um “visitante autorizado pela família” como o autor da imagem.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Responder

Copyright 2015 | Desenvolvido por Falcon5M - Criação de Sites

background